Novo Google Analytics 4 (GA4): o futuro do web analytics

Novo Google Analytics 4 (GA4): o futuro do web analytics

Popularmente conhecido como GA4, o Google Analytics 4 é uma plataforma de metrificação e controle dos dados de páginas de sites e aplicações. Inclusive, é a ferramenta de monitoramento mais utilizada no mundo! 

 

Por ela, você tem uma visão holística sobre seu site, conseguindo  saber a quantidade de acessos e os canais de aquisição. Ou seja, como uma pessoa encontrou sua página, comportamentos de gênero e demográfico dos visitantes, entre outras informações. 


Todos esses dados coletados pelo Google Analytics 4 são grandes aliados na tomada de decisão no mundo dos negócios. Continue lendo para saber mais sobre essa nova versão da ferramenta.

Como o GA4 realiza a coleta de dados?

Quando uma pessoa acessa o seu site por um dispositivo mobile ou desktop, e ele possui o código ID instalado no Google Analytics, dados valiosos serão coletados.

 

Nesse sentido, a integração do site com o GA4 terá a importante missão de  monitorar o comportamento dos visitantes, proporcionando uma boa amostra para análise de dados.

 

Um exemplo cotidiano disso, é permitir a instalação de cookies para captação de eventos no seu navegador, identificando se você é um visitante novo ou recorrente.

Devo migrar para o Google Analytics 4 mesmo satisfeito(a) com o Google Analytics Universal?

Quando lançado e anunciado em 2020, o Google Analytics 4 jogou de lado o nosso velho conhecido, o Google Analytics Universal que será descontinuado em 1 de julho 2023. 

 

Entretanto, a recomendação do Google é de fazer a implementação do GA4 o quanto antes, para que a plataforma consiga compilar as informações do seu site e você já aproveita todos os benefícios da nova versão da plataforma. 

 

Vale lembrar que quando o GAU for descontinuado, a precisão e cadência dos dados coletados anteriormente não serão perdidas. Além disso, ainda será possível extrair relatórios históricos, porém sem as métricas atuais sobre o seu site. 

 

Outro ponto a considerar é que a migração antecipada pode proporcionar insights preciosos na análise de dados, podendo promover uma vantagem competitiva devido ao uso dos novos recursos oferecidos.

 

Quais as principais diferenças entre as versões do Google Analytics?

Se você ainda está incerto(a) quanto a chegada do GA4 e a futura descontinuação do GAU, fique tranquilo(a). Listamos as diferenças entre as duas versões. 

 

  • O GA4 trouxe uma atualização onde integra os dados do site com o  aplicativo (firebases) em um único fluxo. Lembrando que para última versão, você terá que criar um fluxo para dispositivos Android e IOS, como de costume.
  • A hierarquia de conta no Google Analytics Universal era dividida entre: conta, propriedade e vista, podendo ser criado até 25 vistas por conta). No GA4, não temos mais as vistas, ou seja, não será mais possível liberar acessos diferentes para setores distintos de uma empresa.

 

  • O uso de cookies chega ao fim com o Analytics Universal devido à Lei Geral de Proteção de Dados, válida desde 2021, que visa a segurança e privacidade do usuário. Houve mudanças de painel estrutural de administrador: de conta, propriedade, vista para conta e fluxo de dados.
  • O Google Analytics 4 coleta os dados por pageview (eventos), portanto alguns dados padrões do GAU terão de ser implementados dentro do GA4 para que você consiga selecionar e analisar essas informações. 

 

  • No GA4, você terá que criar um evento personalizado com um  parâmetro de identificação para extrair determinada informação. Alguns casos que serão necessários criar evento com “filtro” são termos de pesquisa, cliques no menu e/ou link.
  • No GAU, as tags são implementadas de forma bem simples tanto para as versões desktop como mobile. Já no GA4, as tags de aplicações vão precisar de copiar o código do evento e inserir no código-fonte do seu aplicativo para realizar a coleta correta dos dados.

 

  • A vantagem na nova versão é inserir novos padrões de aquisição nas urls. Dessa forma, identificamos de forma mais objetiva o canal de origem do lead, a plataforma e o formato do anúncio que gerou a conversão.

 

Novas métricas de análise no GA4

O Google Analytics 4 concede mais autonomia de definir as métricas que você deseja analisar, porém, traz menos configurações prontas se comparado ao universal.

 

Sessões engajadas por usuário

Considerando todas as pessoas que acessaram o seu site, quantas ficaram mais de 10 segundos? Esse é o indicador de sessões engajadas que calcula uma média e define se o usuário é um novo visitante ou recorrente, logo engajado. 

 

Inclusive, essa métrica pode ser influenciada pela sazonalidade do segmento e, lei da oferta e demanda. É válido observar as oscilações e comparar o mesmo período do ano anterior. Que tal fazer uma análise de sazonalidade gratuita?

Google Analytics 4

 

Tempo médio de engajamento

Métrica de suma importância da nova versão e relacionada a sessão de engajamento que explicamos acima. O tempo de engajamento consiste no período que o usuário navega na página.

 

No entanto, é contado apenas se o visitante acessa o site e permanece em primeiro plano. Além disso, a sessão é considerada engajada somente quando dura mais de 10 segundos.

 

Isso significa um “adeus” para as inúmeras abas abertas no navegador. Página em segundo plano é inválida para essa métrica. Uma regra que garante maior precisão na análise.

Vale ressaltar que no GAU, temos visitantes de páginas e páginas por visitas, são métricas distintas e a última entregava uma análise  aprofundada sobre o comportamento de retenção das pessoas no site.

 

Taxa de engajamento

Nada mais é que uma regra de três simples, entre números de sessões totais por sessões engajadas, mostrando números percentuais de engajamento do seu site e aplicativo. Independentemente de qual e quantas páginas do site foram acessadas.

Novo Google Analytics 4 (GA4): o futuro do web analytics 1

 

Taxa de rejeição (Bounce rate)

Uma velha conhecida de todos os usuários do Analytics, porém agora estamos sobre uma nova perspectiva. As duas versões analisam a taxa de rejeição do site de forma diferente. Veja:

  • o Universal analisava se o lead chegou no seu site e clicou em mais links. Exemplo: pesquisa no Google, encontra e clica no seu artigo de blog, depois fecha a página sem clicar em outro link ou botão. Isso contribuía com o aumento da taxa de rejeição
  • o Google Analytics 4 irá analisar a permanência das pessoas no seu site. Exemplo: o mesmo caminho anterior se repete com diferença do visitante ler o artigo de blog e permanecer por mais de 10 segundos na página em primeiro plano. Como resultado, o bounce rate será baixo.

Resumo da batalha: Google Analytics 4 vs Universal 

Querendo ou não teremos que migrar para a nova versão do Analytics. No entanto, isso não quer dizer que os dados da versão Universal serão continuados no GA4. 

 

Acontece que as bases das plataformas são bem distintas, tornando a migração dos dados de uma para outra praticamente impossível. Mas não se preocupe, o Google comunicou que será possível emitir relatórios do GAU.

 

Comparando o Universal Analytics com o Google Analytics 4

 

As principais diferenças entre o Google Analytics Universal e Google Analytics 4 é que no primeiro você analisava a sessão, visitas e janelas abertas no seu site. Enquanto no segundo, as métricas são totalmente voltadas a experiência do usuário ao nível de servidor dentro do seu site.

Dessa forma, para as pessoas que acessam o seu site, essa mudança não afetará em absolutamente nada. O carregamento, renderização, saúde do site e outros fatores não serão influenciados.

 

Esse upgrade do Google Analytics 4, chegou para elevar a coleta e análise de dados. Utilizando todo o conhecimento extraído dos dados ao seu favor, alcançando maior assertividade e performance máxima.

 

Por exemplo, se as sessões engajadas estão baixas. É um sinal que a experiência das pessoas navegando no site não está boa e a retenção dos assuntos precisa melhorar.

Sem dúvidas, essa foi uma alteração pensando totalmente nas pessoas que consomem os conteúdos do seu site e que vai trazer dados mais precisos sobre o comportamento deles, possibilitando realizar otimizações nas páginas que vão melhorar o desempenho e a experiência do usuário.

 

Como a 8D usa os dados a favor do seu negócio

Acreditamos que é necessário ver além dos números. Realmente, buscar os fatores relacionados e entender o significado por trás de cada indicador na análise de dados.

 

Nós da 8D Pro, já adotamos a cultura data-driven como um passo essencial em toda estratégia que criamos. Nossos processos passaram ser orientados por dados e a virada de chave para melhor tomada de decisão.

Business Intelligence

Com a mineração de dados e passando a enxergar os números como fonte de conhecimento relevante, percebemos que acompanhar e analisar os resultados era complicado na prática por precisar verificar diversas plataformas e demandava muito tempo.

 

Então, desenvolvemos um Business Intelligence (B.I.) próprio que reúne informações do Google Analytics, Google Ads, Facebook Ads, performance de e-mail marketing e muito mais. E não para por aí: os resultados podem ser acompanhados em tempo real

 

O B.I. não se trata apenas de números, consiste em centralizar a informação em um só lugar e apresentar em um dashboard claro, intuitivo e de forma descomplicada, facilitando a visualização e entendimento. 

 

Enfim, o Business Intelligence e a chegada do Google Analytics 4 demostram que a tomada de decisões baseada em dados é a chave para o sucesso. Lembre-se que estamos aqui para que você possa seguir os indicadores com facilidade e turbinar os seus resultados do seu negócio.

Banner de CTA para texto do blog: Novo Google Analytics 4 (GA4): o futuro do web analytics

Gostou do nosso artigo sobre o upgrade do Google Analytics 4? Em nosso blog, você encontra mais conteúdos sobre marketing, vendas e pós-venda que podem levar o seu negócio até o próximo nível. Confira, também nossos outros canais: Instagram, Youtube.

Segmentos que não atendemos.

- Pornografia
- Política
- Jogos de Azar
- Remédios e Clínicas com o objetivo de emagrecimento
Todos os direitos reservados - Produzido por 8DPro
Política de privacidade 8Dpro
crossmenu linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram